Alterações na substância cinzenta subcortical em pessoas com esclerose múltipla e transtorno bipolar

Princípios

  • Indivíduos com esclerose múltipla (EM) e transtorno bipolar (TB) mostraram reduções significativas no volume da substância cinzenta subcortical do tálamo, putâmen, pálido e núcleos accumbens em comparação às pessoas com apenas EM.

Por que isso importa

    Este estudo fornece informações sobre possíveis biomarcadores anatômicos que poderiam ajudar no diagnóstico de comorbidade de EM e TB, bem como fornecer conhecimento para tratamentos futuros.