neurodiem-image

Enfrentando os sintomas “invisíveis” da EM

Comorbidade é comum em pessoas com esclerose múltipla (EM) e as condições comórbidas contribuem substancialmente para a carga de sintomas.1,2 Muitos sintomas são, no entanto, “invisíveis” e podem ter um efeito adverso substancial na qualidade de vida de uma pessoa com EM. 3,4

Sintomas invisíveis são aqueles que não vemos quando simplesmente olhamos para o paciente ou em uma avaliação inicial. Com muitos pacientes, é preciso tempo para conversar com eles e conhecê-los antes que se sintam à vontade para compartilhar o que consideram sintomas privados ou constrangedores, como disfunção sexual, sintomas vesicais e assim por diante.