Patologia associada a tau e atrofia cerebral nos subtipos da doença de Alzheimer

Princípios

  • Há evidências de envolvimento cortical frontal da patologia da tau na doença de Alzheimer comportamental/disexecutiva (behavioral/dysexecutive Alzheimer’s disease, b/d AD).

Por que isso importa

  • O subtipo da b/d AD é caracterizado por desinibição comportamental predominante, apatia e/ou disfunção executiva em testes cognitivos, mas o diagnóstico diferencial permanece um problema devido à sobreposição de sintomas com demência frontotemporal (DFT). Estudos que avaliam a patologia da β-amiloide e da tau (marcadores conhecidos de DA) na b/d AD são escassos.

  • A carga de patologia da tau cortical frontal na b/d AD pode ser um potencial biomarcador diagnóstico precoce para esse subtipo. Marcadores diagnósticos são cruciais um diagnóstico mais precoce e preciso e, em última análise, para melhorias no atendimento clínico e na qualidade de vida dos pacientes.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.