O papel dos anticorpos antiplexina D1 na neuropatia de pequenas fibras

Princípios

  • Embora preliminares, os resultados deste estudo sugerem que a imunoglobulina G antiplexina D1 (D1-IgG) pode ser um biomarcador potencial para imunoterapia em pacientes com neuropatia de fibras finas (NFF).

Por que isso importa

  • A NFF é caracterizada por dor neuropática e sintomas autonômicos, sua causa é desconhecida em cerca de metade dos pacientes com essa doença.

  • Os autores deste estudo relataram anteriormente a D1-IgG em alguns pacientes com dor neuropática e doenças neuroinflamatórias subjacentes; neste estudo, mostram mais evidências do papel dos anticorpos antiplexina D1 na NFF.