Tratamento com metilprednisolona para indivíduos com doença do espectro da neuromielite óptica

Princípios

  • Tratamento com pulsoterapia com metilprednisolona intravenosa (MPIV) em altas doses foi necessário para preservar os desfechos visuais de longo prazo em indivíduos com doença do espectro da neuromielite óptica (Neuromyelitis Optic Spectrum Disorder, NMOSD) que foram positivos para imunoglobulina G anti-aquaporina-4 (Anti-aquaporin-4 Immunoglobulin G, AQP4-IgG).

Por que isso importa

    Indivíduos com NMOSD frequentemente apresentam episódios recorrentes de neurite óptica (NO). Durante episódios agudos de NO, o tratamento padrão ouro é MPIV em dose alta. No caso de episódios crônicos de NO, não há uma estratégia padrão, no entanto, corticosteroides em dose baixa são frequentemente usados para prevenção de recidiva. Sem tratamento adequado, indivíduos com episódios crônicos de NO eventualmente se tornam dependentes de cadeira de rodas e/ou cegos.