Tratamentos reduzem o risco de novas metástases cerebrais

O uso do bevacizumabe e inibidores de checkpoint imunológico pode reduzir o risco de novas metástases cerebrais em cerca de 30%, de acordo com descobertas de novas metanálises apresentadas na SNO 2020.

Pesquisadores do Penn State Health e do Penn State Hershey Medical Center, em Hershey, Pensilvânia, e da Universidade do Sudoeste do Texas (University of Texas Southwestern), em Dallas, EUA, realizaram uma revisão sistemática da literatura incluindo dados publicados entre janeiro de 2000 e junho de 2020, para conduzir duas análises.

A Ology Medical Education é uma fornecedora global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A Ology Medical Education não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a Ology Medical Education recomenda que deva ser feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da Ology Medical Education ou do patrocinador. A Ology Medical Education não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.