Meningite tuberculosa prejudica significativamente o desempenho cognitivo em longo prazo

Princípios

  • A meningite tuberculosa pode prejudicar a cognição em longo prazo e a gravidade do comprometimento está ligada aos níveis de citocinas inflamatórias.

Por que isso importa

    Pouco se sabe sobre as alterações cognitivas em pessoas com meningite tuberculosa, apesar da incidência de infecção na Índia ser muito alta. Esses achados sugerem que focar nas citocinas inflamatórias, como TNF-α [tumor necrosis factor alpha (fator de necrose tumoral alfa)], poderia ajudar a melhorar os desfechos cognitivos em longo prazo.

A International Medical Press é um fornecedor global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A International Medical Press não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a International Medical Press recomenda que seja feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da International Medical Press ou do patrocinador. A International Medical Press não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.