Sensores vestíveis são promissores para detecção automática de crises epilépticas

Pesquisadores relataram descobertas promissoras sobre o uso de técnicas de aprendizado de máquina para desenvolver sensores vestíveis que detectem crises epilépticas automaticamente.

O desenvolvimento de sensores vestíveis eficazes pode ajudar a evitar a dependência de diários de crises, nos quais o sub-registro das crises epilépticas é um problema.

Na conferência da AES [American Epilepsy Society (Sociedade Americana de Epilepsia)] em 2020, pesquisadores da IBM Research, Escola de Medicina de Harvard (Harvard Medical School) e Boston Children’s Hospital, Massachusetts, EUA, apresentaram achados de um estudo com 75 pacientes pediátricos (idade média de 11,1 anos) admitidos em uma unidade de monitoramento de epilepsia para realização de monitorização por vídeo-EEG.