Quais são os fatores de risco para insuficiência respiratória aguda no SE?

Um grande estudo nos EUA apresentou novas percepções sobre fatores de risco significativos associados à insuficiência respiratória aguda (IRA) no estado de mal epiléptico (status epilepticus, SE).

Sabe-se que a IRA está associada a maior morbidade e mortalidade em pacientes em SE. Para apurar possíveis fatores de risco para IRA neste grupo de pacientes, pesquisadores do Centro de Ciências da Saúde da Universidade do Texas (University of Texas Health Science Center), em Houston, EUA, analisaram informações do banco de dados Nationwide Inpatient Sample (NIS) sobre pacientes internados com diagnóstico de SE em um período de 15 meses.

No total, foram identificados 78.194 pacientes (idade média de 41 anos), dos quais 17,9% desenvolveram IRA.

Uma análise de regressão multivariada revelou que fatores de risco significativos para IRA foram os seguintes (todos os valores de p < 0,001):

A Ology Medical Education é uma fornecedora global de educação médica independente. Sua missão é fornecer aos profissionais de saúde informações médicas confiáveis de alta qualidade, com o objetivo de ajudar a otimizar o tratamento dos pacientes.

A Ology Medical Education não assume responsabilidade por quaisquer lesões e/ou danos a pessoas ou propriedade decorrentes de negligência ou de outra razão, nem por qualquer uso ou operação de quaisquer métodos, produtos, instruções ou ideias contidos neste material. Devido aos rápidos avanços nas ciências médicas, a Ology Medical Education recomenda que deva ser feita a verificação independente de diagnósticos e dosagens do medicamento. As opiniões expressas não refletem as opiniões da Ology Medical Education ou do patrocinador. A Ology Medical Education não assume responsabilidade por qualquer material contido neste documento.